Sem citar nome, Cinthia Ribeiro se refere à gestão Amastha como “época do batom e da maquiagem” e critica CPI do PreviPalmas: “Acabou em pizza”

Candidata à reeleição na Capital, Cintho Ribeiro (PSDB) conversou com a Coluna do CT nesta quinta-feira, 15, para a série de entrevistas que estão sendo realizadas nestas eleições. A chefe do Executivo de Palmas ressaltou a experiência adquirida no mandato e elencou os projetos realizados no período, mas não evitou temas políticos.

Época do batom e da maquiagem

Uma das provocações da tucana foi contra o antecessor, Carlos Amastha (PSB), ao falar que recebeu a gestão em abril de 2018, mas com a maior parte do orçamento do ano executado. “Nós tivemos que fazer vários ajustes. Muito diferente do que as pessoas imaginam, houve a época do batom e da maquiagem de se vender uma gestão, e vamos dizer que foram bastante eficientes em fazer isto”, disse na entrevista, que destacou o trabalho feito mesmo sem um “relatório de transição”. “Gastamos um bom tempo organizando a casa, mas ninguém me viu reclamar de trabalho, de que não tinha dinheiro”, comentou.

CPI acabou em pizza

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou aplicações pobres do Instituto de Previdência Social de Palmas (PreviPalmas) que podem gerar prejuízo de R$ 58 milhões também foi abordado pela prefeita, mas com críticas. “Eu não vi o resultado disto até hoje. Parece que ela realmente terminou em pizza”, disse. Cinthia Ribeiro condena especificamente a participação dos bancos públicos no episódio. Como uma instituição financeira conseguiu autorizar uma transferência de um valor tão alto sem as devidas assinaturas no documento é algo que eu questiono”, revelou.

Hospital Municipal não tem que ser discutido, mas implementado

Tema recorrente nesta campanha, a construção de um hospital municipal também foi defendido por Cinthia Ribeiro, que sugere uma parceria com as universidade. “Não é algo que deve ser discutido, é algo que deve ser implementado. É uma certeza que hoje nós temos”, disse a prefeita, citando que chegou a esta conclusão devido à experiência com a pandemia de Covid-19. A prefeita ainda disse que existe programação de concursos públicos para a educação, saúde e Guarda Municipal, que serão executados caso reeleita. Transporte público, turismo e redução de impostos também esteve entre os temas abordados.

Joaquim Rocha nesta sexta

Nesta sexta-feira, 16, às 10 horas, será a vez de o candidato pelo PMB, Joaquim Rocha, ser entrevistado ao vivo. Confira o calendário:

JOAQUIM ROCHA – sexta-feira, 16.10
ELI BORGES – segunda-feira, 19.10
MARCELO LELIS – terça-feira, 20.10
MAX DORNELLYS – quarta-feira, 21.10
BAZZOLI – quinta-feira, 22.10
JR GEO – 23.10
TIAGO AMASTHA ANDRINO – 26.10
VANDA MONTEIRO – 27.10
VILELA DO PT – 28.10

Comentários

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *