Damaso vota pela destinação de crédito extra para combate à Covid-19 nos estados e municípios

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (9) a Medida Provisória 969/20, que destina crédito extraordinário de R$ 10 bilhões para o combate à pandemia de Covid-19. A medida provisória será analisada agora pelo Senado.

Os recursos serão destinados ao Fundo Nacional de Saúde (FNS), que vai repassá-los aos fundos de saúde dos estados, Distrito Federal e municípios. De acordo com o governo, entre as ações que serão beneficiadas nos entes federados estão vigilância em saúde, e funcionamento da rede de postos e hospitais.

A maior parte dos recursos da medida provisória, cerca de R$ 8,148 bilhões, será oriunda de operação de crédito (emissão de títulos públicos). O restante corresponde a recursos disponíveis no Tesouro Nacional para despesas da seguridade social.

A favor da destinação de crédito extra aos estados e municípios, o deputado Osires Damaso (PSC/TO) disse que a atuação legislativa foi fundamental no enfrentamento da crise. “Foram preservados o modelo federativo, que garantiu, além de recursos para combater a pandemia, renda básica para quem perdeu o emprego e crédito para o setor privado”, disse.

Também foi aprovada a Medida Provisória 967/20, que destina crédito extraordinário de R$ 5,566 bilhões para ações de combate à pandemia do novo coronavírus. Agora a MP segue para o Senado.

Do montante total liberado pela medida provisória, R$ 4,853 bilhões serão destinados ao Fundo Nacional de Saúde (FNS) e R$ 713,2 milhões vão para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Comentários

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *