Bolsonaro pede urgência nas ‘garantias aos agentes de segurança’

O presidente pediu união aos três poderes para tratar do assunto

Em seu discurso na cerimônia de posse, no último dia 1º de janeiro, Jair Bolsonaro prometeu “honrar e valorizar aqueles que sacrificam suas vidas em nome de nossa segurança e da segurança dos nossos familiares” e disse que conta com “o apoio do Congresso Nacional para dar o respaldo jurídico para os policiais realizarem seu trabalho”.

Nesta sexta-feira (4), o presidente voltou a falar sobre o tema. Bolsonaro pediu a união do Legislativo, do Executivo e do Judiciário para resolver “urgentemente” a questão.

“Sem garantias necessárias para os agentes de segurança pública agirem em prol do cidadão de bem, a diminuição dos crimes não vai ocorrer na velocidade que o brasileiro exige. Os poderes legislativo, executivo e judiciário têm que assumir este compromisso urgentemente”, escreveu o presidente da República em sua conta no Twitter.

Jair M. Bolsonaro

@jairbolsonaro

Sem garantias necessárias para os agentes de segurança pública agirem em prol do cidadão de bem, a diminuição dos crimes não vai ocorrer na velocidade que o brasileiro exige. Os poderes legislativo, executivo e judiciário têm que assumir este compromisso urgentemente.

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *