Suspeitos de matarem ex-vereador em Gurupi são presos pela Polícia Civil

Policiais Civis da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa – DHPP, de Gurupi, com apoio de agentes da Delegacia de Dianópolis efetuaram, na noite desta sexta-feira (23), as prisões de Alex Santos da Silva, o Fininho, e Genilton Batista Aguiar, o Nêgo Pará. Eles são suspeitos de envolvimento na morte do ex-vereador Divino Ferreira de Assis, de 67 anos, assassinado a tiros, em sua residência, no dia 19 de novembro, em Gurupi.

Segundo a PC, eles foram capturados, mediante cumprimento a mandados de prisão preventiva, quando se encontravam na região Central do município de Dianópolis. A dupla estava em um ônibus.

Conforme o delegado Hélio Domingos, os dois indivíduos tinham mandados de prisão expedidos em razão da prática de crimes nas cidades de Gurupi, Peixe, Miracema, Paraíso e Palmas, onde são acusados de homicídios, assalto a banco, sequestro e latrocínio. Ainda segundo o delegado, no momento da abordagem policial, Genilton, na tentativa de enganar os policiais civis, apresentou documentos falsos, no entanto, ele já havia sido identificado pela equipe da DHPP de Gurupi e foi preso de imediato.

Em setembro deste ano, Alex Fininho foi detido após fugir da PM com um carro roubado e se envolver em um acidente próximo ao Parque Mutuca. Ele chegou a trocar tiros com a polícia e foi baleado, logo após, escondeu-se no teto de uma residência.

Após serem presos, Alex e Genilton foram conduzidos até à Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Dianópolis e, após a realização das providências legais cabíveis, foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória da cidade, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário – Comarca de Gurupi, cidade para onde devem ser recambiados, a fim de que respondam pelas acusações que lhes são imputadas.

Crime

O caso aconteceu na tarde desta segunda-feira (19) no bairro Vila Independência, região oeste de Gurupi. Segundo informações da PM, Divino Pereira de Assis, de 67 anos, foi morto com dois tiros em sua casa.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, os suspeitos chegaram a pé e chamaram pela vítima, que estava em sua residência, na sequência o idoso foi atingido por dois tiros.

Ex-vereador foi morto a tiros (Foto Felismar Martins)

Os disparos acertaram o peito e as costas de Assis, que morreu na hora. Divino Pereira de Assis é natural de Formoso do Araguaia, onde já exerceu o cargo de vereador.

Logo após o crime, A Polícia Militar identificou a placa do carro, após o veículo ser flagrado por câmeras de segurança e em alta velocidade próximo ao local do assassinato, em seguida chegaram ao seu proprietário, identificado como Evandro Guedes de Sousa, ele prestou depoimento na delegacia, mas foi liberado. Guedes disse que emprestou o carro e não sabia para que ele seria usado.

 

Carro apreendido (Foto Felismar Martins)

O carro foi localizado no bairro industrial após abordagem da Polícia Civil e alguns suspeitos fugiram pelo matagal. A polícia acredita em latrocínio, roubo com consequência morte, já que a vítima estava com um carro na garagem da casa ou pegar outros pertences no imóvel. A investigação segue em andamento.

*Com informações do Portal Atitude

Comentários

comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *