Bolsonaro, Haddad e Ciro prometem rever regras do Imposto de Renda

Veja propostas dos três presidenciáveis mais bem colocados nas pesquisas eleitorais

As equipes dos três presidenciáveis mais bem colocados nas pesquisas eleitorais, Jair Bolsonaro (PSL), Fernando Haddad (PT) e Ciro Gomes (PDT), pretendem rever a cobrança do Imposto de Renda (IR).

De acordo com o jornal ‘Folha de S. Paulo’, os candidatos querem diminuir o IR pago pelas empresas, repassando a carga tributária aos donos. A cobrança dos donos foi extinta em 1995, durante o governo FHC, sob a justificativa de evitar bitributação.

Outra proposta de mudança está relacionada aos dois líderes de pesquisas eleitorais: Haddad e Bolsonaro. Os dois querem isentar o IR de quem ganha até cinco salários mínimos, o equivalente a R$ 4.700. Atualmente, só quem ganha menos de R$ 1.904 é isento do IR.

Enquanto o PT pretende taxar quem tem rendas mais altas, criando novas alíquotas de IR acima do atual teto de 27,5%, o candidato do PSL pretende cobrar a mesma alíquota de IR de todos, sendo 20% para pessoas físicas e 15% para empresas.

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *