Prefeitura de Porto Nacional inicia projeto social para formar Banda Sinfônica

Com o intuito de oferecer oportunidade de formação musical a crianças, adolescentes e jovens do Município, a Prefeitura de Porto Nacional, por meio da Secretaria Municipal da Assistência Social começa a formar a primeira Banda de Música Sinfônica do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. O projeto vai beneficiar mais de 100 pessoas com idades de 07 a 17 anos.

Na manhã desta quarta-feira, 11, aconteceu na quadra esportiva do CRAS União o lançamento do projeto social com a presença de seus respectivos instrutores que proporcionarão aos jovens da comunidade local, contato com os instrumentos musicais com vistas à futura profissionalização, que pode, inclusive, garantir renda aos músicos.

Após o amadurecimento das aptidões musicais, a banda abrilhantará os eventos culturais, as datas cívicas e festas tradicionais de Porto Nacional.

Inclusão social

Para a secretária municipal da Assistência Social, Verônica Fontoura, o momento é especial, pois através do projeto há a possibilidade concreta de se investir na profissionalização musical dos jovens em situação de risco.

“Com oportunidade esses jovens podem mudar a realidade em que vivem. É um trabalho de inclusão social através da arte. É uma forma de estarmos não só fortalecendo os vínculos comunitários e familiares desses jovens, como também é um trabalho de inclusão social através da arte. A partir do momento que eles fizerem parte da banda, eles podem ser instrutores e podem também participar de qualquer outra banda”, destacou Verônica.

“Acima de tudo, é um desejo do nosso prefeito Joaquim Maia que as crianças e adolescentes estejam também sempre protegidas e cuidadas”, ressaltou a secretária.

 

WhatsApp Image 2018 09 12 at 10.17.15

 

Formação

A Banda Sinfônica será regida pela Maestro Wada. Ele informou que serão atendidas 35 crianças por turma. Uma no CRAS União e outra no CRAS Esperança. Os instrumentos serão disponibilizados na medida em que tiver alunos. “A preocupação nossa não é simplesmente formar esses jovens como músicos, e sim formar cidadãos, principalmente como profissionais de amanhã. A importância dessa iniciativa através da Prefeitura e da Secretaria de Assistência Social é algo mágico, pois vai contribuir na oferta de perspectiva de um futuro melhor para esses alunos, mudando a realidade social, e até econômica de suas famílias”, enfatizou o maestro Wada.

As crianças e adolescentes beneficiados terão aulas de iniciação e aprimoramento musical por meio do estudo de instrumentos de sopro e percussão, tais como, saxofone, trompete e trombone.

Transparência 

De acordo com o secretário executivo da Semas, Alan Gomes, para a realização do projeto foi feito todo procedimento licitatório conforme prevê as leis vigentes na parte de licitação e cotação de preços, visando garantir a transparência do processo seletivo.

“Os recursos da Assistência Social estão sendo aplicados conforme deve ser para atender os usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos”, disse.

Evento

O lançamento contou com a presença de pais, alunos, familiares, e público em geral. Inserido no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, a banda sinfônica será coordenada pelo maestro Wada Ferreira Trindade. O evento contou também com a participação da assistente social dos Cras União, Cynthia Souza.

 

*Com informações da Secom Porto Nacional

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *