Carlesse diz que tocantinenses “estão cansados” e quer decidir já no 1º turno

Em comício de lançamento da candidatura à reeleição do deputado estadual Cleiton Cardoso (PTC) realizado em Palmas na noite dessa terça-feira, 11, o governador Mauro Carlesse (PHS) comparou que o pleito de outubro será semelhante à disputa suplementar da qual saiu vitorioso, mas com a diferença de que a população “está cansada de tantas eleições”, e, por isso, projeta uma vitória no primeiro turno.

“A única diferença é que os tocantinenses estão cansados de tantas eleições, e por isso, desta vez, devem evitar o segundo turno”, disse o governador. Mauro Carlesse pediu aos palmenses que encampem a ideia de eleger no primeiro turno.

Segundo Carlesse, os pleitos travaram a ações em prol do Tocantins. “Tenho dito que nem o povo nem o Estado aguentam mais tanta eleição. Se tivermos segundo turno serão quatro este ano. Não aguenta, pois muitas ações que deveríamos estar realizando estão paradas por causa do período eleitoral”, disse o governador, referindo-se a pedidos de empréstimos junto a instituições bancárias para obras estruturantes, concessão de progressões a servidores públicos, entre outros.

Já os candidatos ao Senado pela coligação “Governo de Atitude”, o deputado federal César Halum (PRB) e Eduardo Gomes (SD), lembraram que Carlesse será eleito não apenas porque as pessoas “estão cansadas de tantos pleitos eleitorais”, mas porque ele representa o novo”, sem fazer disso um mote de campanha.

Participantes
Além dos líderes políticos já citados, a reunião política reuniu prefeitos, vereadores, ex-prefeitos, ex-vereadores e lideranças políticas de diversos municípios da região central do Estado, como Divinópolis, Aliança, Santa Tereza, entre outros.

Compromisso com a educação
Em agenda na tarde desta quarta-feira, 12, em Palmas, Mauro Carlesse assina nesta tarde quarta-feira, 12, na , na sede da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ) a “Carta Compromisso com a Educação de Qualidade”, uma iniciativa do Ministério Público do Estado (MPE) e o de Contas (MPC) que tem por objetivo formalizar o comprometimento dos candidatos ao governo do Tocantins com políticas públicas que visem à oferta de educação de qualidade. O gestor humanista será o primeiro postulante ao Palácio Araguaia a endossar o compromisso.

Com a assinatura do documento, os candidatos se responsabilizam em priorizar o financiamento constitucional do direito à educação e em atender as metas estabelecidas nos Planos Nacional e Estadual de Educação. A carta menciona ainda a universalização da oferta da educação básica obrigatória e gratuita dos 4 aos 17 anos de idade; a aplicação dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb); e os padrões mínimos de qualidade de ensino necessários ao desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem.

*Com informações da Ascom

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *