Prefeitura terá ações para o Dia Mundial da Limpeza que acontece em setembro

A Prefeitura de Porto Nacional, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento, Regulação, Habitação e Meio Ambiente, aderiu ao maior evento de limpeza voluntária do planeta, o Dia Mundial da Limpeza.

Esta ação contará com apoio de todas as secretarias da gestão, além de voluntários, empresas privadas, instituições de ensino, ONG’S e associações. Espera-se a mobilização de 6.000 (seis mil) cidadãos portuenses, para uma verdadeira aula de educação ambiental na prática.

Dia Mundial da Limpeza em Porto Nacional

As atividades de limpeza em Porto Nacional acontecerão de 10 a 15 de setembro de 2018. No dia 10 acontecerá a abertura no Centro de Convenções Vicentão, ocasião onde serão apresentadas à comunidade as ações que serão realizadas no decorrer da semana, incluindo os setores onde ocorrerão os mutirões de limpeza e os horários.

Participarão ativamente durante toda a semana as escolas urbanas municipais, que totalizam 8, visando trabalhar e moldar a postura das crianças, futuros multiplicadores, frente à coleta seletiva, redução da produção de lixo e do desperdício.

Segundo Diretor do Meio Ambiente, Eduardo Benvindo, a população precisa ser conscientizada de que precisa manter limpos sua rua e seu bairro. “Para melhorar a saúde e qualidade de vida dos portuenses precisamos manter o nosso bairro e a nossa cidade limpa, lembrando que esta é uma ação totalmente voluntária que não só os servidores irão poder participar, toda a comunidade está convidada aderir a esse movimento”, disse Eduardo.

A Secretária de Meio Ambiente, Flávia Ayres, explicou que as pessoas estão se conscientizando cada vez mais e se preocupando com o meio ambiente. “A intenção da nossa mobilização é passar em todas as escolas, em toda a cidade, incentivando e conscientizando as pessoas de que separar o lixo, descartar o lixo da maneira correta e nos locais corretos, beneficia não só as famílias portuenses mas também as futuras gerações”, explicou Flávia.

 

Prefeitura de Porto Nacional organiza diversas ações para o Dia Mundial da Limpeza que acontece de 10 a 15 de setembro

 

Apoios

A ação contará com a participação e contribuição do IFTO, Colégio Sagrado Coração de Jesus, QUEBEC Ambiental, BRK Ambiental, Inovar agronegócios, Associação de Revendedores de Insumos Agrícolas, Associação de Bairros da Nova Capital e Tropical Palmas, Fertilizantes Tocantins, UniAgro, Escoteiros do Ar, Castelo das Construções, Paraminas Construções, Supermercado Quartetto, Supermercado Mega, SEPCO1, Tabocas, Diretoria Regional de Ensino e Universidade Federal do Tocantins.

Legado

A ação visa deixar um conjunto de bons exemplos relacionados à gestão do lixo. Será deixado como legado para o Município: 10 PEV’s (Pontos de Entrega Voluntária para a Coleta Seletiva), 20 pontos de coleta de óleo de cozinha para confecção de sabão, o bosque da cidadania, onde será plantada duas árvores para cada tonelada de lixo recolhido, conscientização de milhares de pessoas e a implantação da agenda ambiental na administração pública municipal A3P, visando reduzir o consumo de água, energia elétrica, papeis e demais insumos.

 

Prefeitura de Porto Nacional organiza diversas ações para o Dia Mundial da Limpeza que acontece de 10 a 15 de setembro 2

 

História do Dia Mundial da Limpeza

Em 2008, cerca de 50.000 pessoas se reuniram para limpar a pequena nação da Estônia em apenas cinco horas. Esta ação cívica foi realizada por voluntários e os organizadores nomearam a ação “Let’s Do It” ou “Vamos fazer isso!”, que descreve perfeitamente a essência do movimento. Após o início das ações na Estônia, o problema do lixo jogado ilegalmente em terrenos baldios foi reduzido em 75%.

O sucesso da limpeza da Estônia se espalhou pelo mundo e agora são mais de 150 países que organizam limpezas baseadas no mesmo modelo. O movimento cresceu para ser a maior organização do gênero no mundo.
Algumas cidades brasileiras já realizaram essa ação em comemoração ao Dia Mundial da Limpeza. Já são 195 cidades confirmadas e a meta é 5% da população mundial participe, portanto, no Brasil, pretende-se reunir aproximadamente 10 milhões de voluntários, uma vez que o movimento tem como principais atores os voluntários e suas cidades.


*Com informações da Secom Porto Nacional

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *