Sinal analógico é desligado em Palmas, Barrolândia e Porto Nacional

O sinal analógico foi desligado às 23h59 desta terça-feira (14) em Palmas, Porto Nacional e Barrolândia. Quem não se digitalizou, não consegue mais assistir à programação da TV aberta, que passa a ser 100% digital.

Os moradores dessas três cidades que não fizeram a conversão foram surpreendidos com uma mensagem informando que o canal foi interrompido. O sinal da TV Anhanguera poderá ser sintonizado no canal 11.1 em Palmas e Barrolândia e no canal 8.1, em Porto Nacional.

“Quem não fez a conversão já está vendo a mensagem que está estampada no nosso sinal, vai ficar por 30 dias. As pessoas podem ainda fazer a conversão comprando o seu kit e antena, fazendo a instalação para se tornar digital e ter uma melhor imagem e som, de graça”, explicou o diretor da programação da TV Anhanguera, Orlando Faria.

“A tv digital tem interatividade e tem um serviço também, que a gente falou pouco dele, mas é importante lembrar, que é o 1-Seg, o sinal móvel. Você pode agora, com a TV digital, assistir nos dispositivos móveis, celulares e tvs portáteis um sinal de qualidade, mesmo quando você estiver se locomovendo da tua casa para o trabalho”, disse o diretor de engenharia e tecnologia da TV Anhanguera, Carlos Cauvilla.

“A TV Anhanguera, na verdade, desde 2010, o nosso sinal em Palmas já é digital. A gente estava preparado há algum tempo e temos orgulho disso”, argumentou o diretor geral do Grupo Jaime Câmara no Tocantins, Jean Teixeira.

O desligamento do sinal analógico é uma ação do governo federal realizado por meio da entidade Seja Digital. Nessa primeira fase de migração, mais de 90% da população em Palmas, Porto Nacional e Barrolândia foram beneficiadas.

De acordo com a Seja Digital, mais de 45 mil kits já foram entregues nas três cidades. O kit com a antena e o conversor custa de R$ 150 a R$ 180 e está a venda em lojas especializadas. Os beneficiários dos programas sociais do governo federal podem receber o kit de graça até o dia 28 de setembro.

“A primeira coisa é ligar para o número 147, passar o número do seu NIS ou do seu CPF para verificar se você tem direito de retirar esse kit gratuitamente. Com o número de NIS você vai descobrir onde deve retirar, o lugar mais próximo da sua residência”, explicou a diretora regional da Seja Digital, Fabrícia Cyrillo.

Para garantir que as 345 mil pessoas das três cidades não fiquem sem a programação local e migrem para o sinal digital, a TV Anhanguera fez um cronograma de feiras e mutirões desde o início do ano para ajudar a população nessa transição.

“A Seja Digital continua as suas operações por mais 30 dias no Tocantins. Então dá tempo daqueles, que por algum motivo não conseguiram se adaptar a essa nova tecnologia, correr atrás e se digitalizar”, complementou Fabrícia.

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *