Volume de água armazenado no sistema Cantareira cai para 42,9%

O nível do Sistema Cantareira, principal área de abastecimento da Grande São Paulo, atingiu 42,9% da capacidade total, conforme balanço da Companhia de Saneamento de São Paulo (Sabesp). Esse porcentual desconsidera a reserva técnica, conhecida como volume morto, que só pode ser retirada com bombeamento em situações excepcionais.A quantidade é 0,8 ponto porcentual menor que a observada no dia 1º do mês, de 43,7%, e ainda inferior à marca de 66,1% registrada em 7 de julho de 2017.

Nas últimas 24 horas, choveu no Cantareira 0,1 mm. Com isso, o acumulado no mês alcançou somente 0,6 mm, ficando abaixo da média histórica do mês, de 48,7 mm.

O índice armazenado de água no Sistema Guarapiranga ficou em 69,4% em relação a 82,1% visto há um ano. O Alto Tietê alcançou 55,7%, ante 58,9% no dia 7 de julho do ano passado. Na mesma base de comparação, o Sistema Alto Cotia ficou em 66,9% após 99,5%, enquanto no Rio Grande e no Rio Claro o nível ficaram em 77,6% (de 87,7%) e 81,0% (de 101,9%), respectivamente. No Alto Cotia ficou em 66,9% depois de 99,5%.

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *