Delegacia registra mais de 10 mil casos de estupro contra menores no AP

A maioria dos processos ainda não foi concluída

Mais de 10 mil casos de abuso sexual foram registrados na Delegacia de Repressão a Crimes contra a Criança e o Adolescente (Descca), no Amapá. As informações foram divulgadas pelo delegado Daniel Mascarenhas. A maioria dos processos ainda não foi concluída.

“Esse tipo de crime é uma dura realidade no Brasil. Aqui, estamos nessa mesma sintonia, muitos crimes contra criança e adolescente. Só na Dercca temos uma demanda reprimida de mais de 10 mil processos. Vamos apurando os casos, mas os números só aumentam”, disse Mascarenhas, em entrevista ao G1.

Para combater os crimes, Mascarenhas acredita que órgãos de segurança e de proteção de menores devem trabalhar juntos para a elaboração de mais políticas públicas e campanhas voltadas somente para a diminuição dos índices de abusos.

“A denúncia é de fundamental importância. Aqui na delegacia, contamos, basicamente, com várias redes de proteção da criança e adolescente. Temos o disk 100, o Ciodes, através do 190, além de conselhos tutelares, escolas, entre outros”, finalizou o delegado.

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *