Para que servem os anjos?

Rômulo Nunes Lima, professor, poeta, escritor, pesquisador da Bíblia Sagrada, ex-presidente e acadêmico Titular da Cadeira-39  da ALETRAS – Academia Aguaslindense de Letras, autor do livro “Equinócio de primavera – letras para canções” e “Figuras do meu pensamento – um livro cantado”.

“Para que servem os anjos?” – Uma pergunta que faz parte de um verso de uma canção do poeta cancioneiro Renato Russo, “A MONTANHA MÁGICA”, este é o nome da composição. Esta indagação representa a curiosidade de milhares de pessoas, e inspira poetas e escritores, além de despertar sentimentos dos mais variados, em nós seres humanos, a respeito dos anjos. Todos nós gostaríamos de ter a certeza de quem são eles, de onde vieram e o que eles fazem, se realmente ajudam as pessoas. O melhor e mais preciso lugar para encontrar respostas é na palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, ela menciona anjos centenas de vezes. Vou comentar o assunto e no final dos textos irei deixar as citações bíblicas que norteiam as explicações, respectivamente aos temas.

Primeiramente, os anjos são espíritos invisíveis, ou seja, “não têm carne nem ossos”. Os anjos leais moram no céu e podem ver a Deus. A primeira criação de Jeová Deus foi um anjo, o seu primogênito Jesus Cristo, “por meio dele foram criadas todas as outras coisas nos céus e na terra.” Portanto todas as criaturas espirituais, ou anjos foram criados por Jeová Deus por meio de seu Filho primogênito. Também a palavra de Deus indica que foram criados centenas de milhões de anjos, e todos são poderosos. “O número deles era de miríades de miríades”, ou “de dezenas de milhares vezes dezenas de milhares”, indicando assim a criação de centenas de milhões de anjos. Os anjos já existiam muito antes da criação dos humanos, até mesmo antes da criação da Terra, pois a Bíblia diz que, quando a Terra foi criada, “todos os filhos de Deus davam gritos de louvor”. No passado, alguns anjos vieram à Terra como homens para realizar tarefas designadas por Deus, e após cumprirem tais tarefas voltavam aos céus como anjos. Sobre os sexo dos anjos, eles são descritos na Bíblia como se fossem homens, ou seja aparecem com corpos masculinos, mas eles não têm sexo;  Não se casam nem têm filhos; Não eram humanos antes de serem anjos; Nenhum bebê, criança ou adulto vira anjo, foi uma criação específica de Deus. – Lucas 24:39; Mateus 18;10; João 4:24; Juízes 6;11-23; 13; 15-20.

Eles se comunicam em idioma próprio, as escrituras sagradas falam de “línguas de homens e de anjos”, mas Deus não permite que as pessoas adorem anjos nem façam orações à eles”;  “São fortes e poderosos” , mais inteligente do que nós e podem viajar em velocidades tão grandes que não conseguimos imaginar; apesar desta inteligência e deste poder eles não podem realizar certas coisas e há também coisas que eles não sabem. Possuem o livre arbítrio igualmente a nós humanos, infelizmente como os humanos alguns decidiram se rebelar contra o Criador. – 1 Coríntios 13:1; Apocalipse 22: 8 , 9; Daniel 7: 10; Apocalipse 5:11; Judas 6; Mateus 24:36; 1 Pedro 1:12.

CATEGORIAS DE ANJOS:

ARCANJO – há apenas um, é o anjo principal, chama-se Miguel, o mais poderoso e com maior autoridade, trata-se de Jesus Cristo; – 1 Tessalonicenses 4:16; Judas 9.

SERAFINS – possuem posição elevada, e grandes responsabilidades, ficam próximos ao trono de Deus; – Isaías 6: 1-3.

QUERUBINS – têm autoridade, trabalham diretamente para Deus, com tarefas especiais, realizam qualquer coisa que Deus manda; – Gênesis 3:24; Ezequiel 9:3; 11:22.

MENSAGEIROS – são em maior número, talvez existam bilhões deles, são enviados por Deus para cumprir a sua vontade. – Hebreus 1:7, 14.

Os anjos possuem grande interesse nas pessoas, mas isso não determina que cada pessoa tenha um anjo da guarda, não devemos ficar arriscando nossas vidas, achando que podemos ser protegidos pelos anjos; Mas eles ajudam as pessoas, sim! – Mateus 18:10; Salmo 91:11.

Existem os anjos maus, que surgiram após fazerem mal uso da “liberdade de escolha” (livre arbítrio); Após a criação do primeiro casal humano, Adão e Eva, um anjo tornou-se mau ao promover a rebelião de nossos pais, convencendo-os a desobedecer à Jeová Deus; questionando a autoridade de Deus governar; este anjo passou a ser chamado de Satanás, que significa “Opositor”, e Diabo, que significa “Caluniador”, uma bela combinação com ele e com aquilo que ele promoveu. Ali se iniciou a rebelião humana contra Deus e “outros anjos abandonaram sua própria morada correta” no céu, desviando-se do que Deus queria para eles. Deus retirou destes anjos maus, os privilégios que tinham antes, rebaixando assim esses anjos; eles estão , segundo a Bíblia Sagrada, em “densa escuridão espiritual, conhecida como Tártaro; passaram a serem governados por Satanás, que é “o governante dos demônios” e que “se disfarça em anjo de luz”. – Gênesis 3:1-7; Apocalipse 12:9; Mateus 4:8-11; 1 Pedro 3: 19, 20; 2 Pedro 2:4; Mateus 12:24; 2 Coríntios 11:14.

O último livro bíblico, Apocalipse, mostra uma tarefa importante na qual os anjos se ocupariam, ou seja, ocupados em ajudar as pessoas a aprenderem sobre Jesus Cristo, Jeová Deus e o seu Reino, e o que Ele vai fazer pela humanidade; Quando uma pessoa se arrepende das coisas erradas que fez e decide servir a Jeová Deus, “há alegria entre os anjos de Deus”.  Sim, os anjos se importam conosco e estão preocupados em nos ajudar, usados por Deus, para proteger e fortalecer seus servos fiéis na Terra. Tenhamos discernimento, ao prestar atenção, ao receber a ajuda amorosa, na mensagem dos anjos. – Mateus 25:41; Apocalipse 12: 9-12 ; 20: 1-3, 7-10;

Categorias: Destaque,Opiniao