Grávida é agredida com chutes, golpes de capacete e madeira

Com chutes, golpes de capacete e ripas de madeira, uma grávida foi agredida pelo ex-marido, em Rodnônia, na manhã desta terça-feira (21). A mulher, de 31 anos, estava na casa do suspeito, um auxiliar de serviços gerais, no momento da agressão. Ele mora em Alta Floresta do Oeste e não foi preso pelo crime.

Segundo a versão relatada à polícia, a mulher teria procurado o ex-marido, apontado como pai da criança, para que ele comprasse um medicamento. Ao chegar à casa do suspeito, porém, foi recebida com chutes na barriga. Ele teria utilizado um capacete para atingir a grávida na cabeça, além de uma ripa de madeira para machucá-la em várias partes do corpo.

A vítima mostrou os hematomas no exame de lesão corporal registrado na Delegacia de Polícia Civil de Alta Floresta do Oeste, responsável por investigar o caso. De acordo com o G1, a grávida manifestou vontade de representar criminalmente o ex-marido, tendo pedido também medida protetiva.

Categorias: Destaque,Nacional