OAB de João Monlevade fará reunião especial para decidir ação contra juiz que “explodiu” com testemunha

A subseção da Ordem dos Advogados do Brasil de João Monlevade (MG) irá organizar no dia 24 de abril uma reunião com advogados da cidade. O objetivo é ouvir reclamações de abusos por parte do juiz da vara criminal local Rodrigo Braga Ramos.

O estopim para a reunião foi um vídeo que passou a ser compartilhado em grupos de WhatsApp de advogados de todo o Brasil. Nele, o juiz grita e ameaça uma testemunha, chegando ao ponto de ofendê-la, mandando-a calar a boca.

Larissa de Oliveira Santiago Araújo, presidente da OAB local, confirmou à ConJur que é o juiz Braga Ramos no vídeo que está sendo compartilhado. Ela diz que inicialmente nenhuma atitude seria tomada, já que o episódio não é um ataque à prerrogativa de um advogado.

“Mas conforme o vídeo foi sendo compartilhado, muitos advogados vieram me procurar para dizer que este juiz já teve essa atitude com eles ou com seus clientes. Para tomar alguma atitude, precisamos de uma reclamação formal. Por isso, faremos essa reunião, e depois vamos analisar os episódios que já ocorreram e o que pode ser feito”, diz Larissa.

No vídeo, a testemunha é questionada sobre um aspecto do caso. De forma calma, começa a responder dizendo que irá contar dois episódios que podem ajudar a entender o caso. Nesta hora o juiz Rodrigo Braga Ramos explode. Ouve-se o que parecer ser um murro na mesa e ele passa a gritar por mais de um minuto com a testemunha.

Veja abaixo:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *