Deputado detido por agressão diz que ‘manda matar’

Fábio Macedo, do Maranhão, foi preso em Teresina na madrugada de sábado

deputado estadual Fábio Macedo (PDT), do Maranhão, foi detido na madrugada de sábado (9) em um bar de Teresina após atirar um copo no rosto de um músico e agredir um policial militar.

Durante a detenção, ele disse a policiais: “Sou deputado, sou rico, aí vai morrer gente, a gente mata gente. Vocês são polícia, né? A gente mata gente”. As falas estão registradas em áudio.

Em nota, a assessoria do deputado informou que “após o consumo de bebidas alcoólicas associadas a medicações para tratamento de saúde”, Macedo “se envolveu em uma confusão em um bar na cidade de Teresina. O parlamentar há anos enfrenta problemas de depressão e alcoolismo, no momento da confusão estava sem o controle de suas faculdades mentais e estado de embriaguez”.

Macedo responderá por lesão corporal e resistência à prisão.

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *