Atleta do Tocantins que escapou de incêndio recebe apoio psicológico do Flamengo

Caíque Soares, de 15 anos, se mudou para o Ninho do Urubu na última segunda-feira (4). Jogador está no clube desde 2017, quando veio do Tocantins

Caíque Soares, de 15 anos, veio do Tocantins para fazer testes para o Flamengo em 2017. Na noite de quinta-feira (7), o adolescente estava no alojamento do Centro de Treinamento (CT) do Flamengo, em Vargem Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro, quando o incêndio começou. Ele conseguiu escapar só com a roupa do corpo.

Segundo Jefferson Rodrigues, dono de uma pensão em Vargem Grande que abriga jovens que vem ao Rio fazer testes nos times, ele foi responsável por trazer o adolescente para o Rio, por ser amigo dos pais dele.

“Ele chorou muito pela perda dos amigos, mas disse que está bem e que conseguiu escapar” disse Rodrigues, que só teve contato com o menino pela manhã.

Jefferson contou que o jovem disse que está recebendo suporte do time e que há uma psicóloga atendendo eles.

Caíque começou a morar no alojamento na última segunda-feira (4). Os jogadores se mudam para as instalações do Ninho do Urubu, como é conhecido popularmente o CT do clube, no semestre que completam 15 anos.

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *